Artesanato Piauiense

Para os mais românticos, o artesanato tem muito a ver com uma forte sensibilidade, um senso criativo e paixão pelo que faz. Mas também reforça a identidade de um povo, a habilidade de mãos talentosas e enriquece a trajetória e o passado do nosso Piauí.

CONECTE-SE!

Acompanhe nossas redes sociais e não perca nada! Fique por dentro de tudo que acontece no Artesanato Piauiense.

CONHEÇA UM POUCO:

PALAVRA DO SUPERINTENDENTE

O artesanato piauiense é sem dúvidas uma das nossas maiores riquezas, além de ser uma prática cultural é também um resgate da nossa história e da nossa identidade. Ser artesão é ser um guardião das técnicas artesanais que falam sobre nossas origens, e por essa razão devemos valorizar o nosso artesanato.

- Superintendente do Artesanato Piauiense

ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Confira as novidades dos Artesanato no Piauí em nosso Blog.

Sudarpi promove lançamento de peça artesanal na CASACOR Piauí 

O evento acontece às 19h, no espaço Casa do Artesão Design Mestre Albertino, na CASACOR Piauí 

O artesanato piauiense é a união perfeita da beleza, do talento e da tradição do nosso povo. A Secretaria de Estado da Cultura (Secult), por meio da Superintendência de Desenvolvimento do Artesanato Piauiense (Sudarpi), em parceria com Investe Piauí e a Trapos & Fiapos, promove nesta terça-feira (25), às 19h, o evento “Bordados e Experimentos que contam Histórias”, por Tereza Melo. 

O espaço Casa do Artesão Design Mestre Albertino faz parte dos ambientes presentes na CASACOR Piauí e será palco para o lançamento da coleção de camisaria da Trapos & Fiapos. Com peças limitadas e um trabalho artesanal que já é sucesso, antes mesmo do seu lançamento oficial, a coleção promete marcar de maneira única e inovadora esse momento no cenário do artesanato piauiense. 

A coleção reflete a identidade artesanal da Trapos & Fiapos, conhecida por desenvolver peças de tapeçaria com fibra natural (Taboa e Buriti). As peças apresentam um design moderno e elegante, tecido à mão e uma paleta sofisticada, alinhando perfeitamente às tendências atuais, mas sem perder sua essência. 

De acordo com a empresária e artesã que desenvolveu a coleção, Tereza Melo, a peça surgiu através do seu interesse em reutilizar sobras de tecidos da sua produção. “Inicialmente, fiz algumas para o uso pessoal, mas conforme utilizei, despertou o interesse de outras pessoas por essas criações únicas. Acredito que cada peça dessa coleção é especial por causa do trabalho manual cuidadoso, da qualidade do material e da técnica que usamos através de texturas únicas que desenvolvemos na Trapos&Fiapos”, disse.

E nesta última semana da mostra CASACOR Piauí, além de prestigiar a nova coleção da Trapos & Fiapos, os amantes da arte ainda poderão encontrar peças exclusivas desenvolvidas por mais 30 artesãos piauienses beneficiados pela Sudarpi. 

Para o Superintendente do Artesanato Piauiense, Ícaro Machado, “Estamos honrados em receber o lançamento da coleção da Trapos & Fiapos, desenvolvida por Tereza Melo. Nosso rico espaço de comercialização artesanal piauiense tem sido um sucesso ao longo desses 39 dias de mostra. Sempre buscamos ser um ponto de encontro entre a arte e a inovação, e essa coleção reflete exatamente esses valores. Além disso, as  peças prometem encantar  e inspirar a todos”, pontuou.

Artesãos piauienses comercializam mais de 119 mil em produtos em feira nacional

O Estado do Piauí reuniu nos cinco dias de evento, o trabalho de seis artesãos e duas entidades representativas que apresentaram a nossa identidade cultural através do artesanato.

O Salão de Artesanato acontece anualmente em Brasília, sendo considerado como um dos maiores eventos que une as riquezas do artesanato nacional. Neste ano, na sua 17ª edição, reuniu as diversidades artesanais possibilitando a comercialização e divulgação dos produtos de 22 estados brasileiros. 

O artesanato piauiense foi um dos destaques no evento comercializando mais de 119 mil reais, e beneficiou mais de 30 artesãos piauienses. O Estado do Piauí reuniu nos cinco dias de evento, o trabalho de seis artesãos e duas entidades representativas que apresentaram a nossa identidade cultural através das variadas técnicas, como a arte santeira, opala, cestaria e cerâmicas.

A Secretaria de Estado da Cultura (Secult), por meio da Superintendência de Desenvolvimento do Artesanato Piauiense (Sudarpi), foi responsável pela seleção através de um edital de chamamento público e o transporte das peças artesanais até o local do evento.

As feiras nacionais são uma excelente oportunidade para apresentar e conectar o artesanato local com os outros estados. De acordo com o superintendente da Sudarpi, Ícaro Machado, o artesanato piauiense é bem procurado em feiras nacionais. “Nesses eventos podemos mostrar o nosso valor e inspirar os outros com a nossa arte, pois oferecemos uma variedade de tipologias, onde cada peça única é feita com habilidades desenvolvidas de geração em geração. Assim, é necessário manter o nosso artesanato em destaque para expandir esse trabalho que é o nosso patrimônio cultural e sustento de muitas famílias”, finaliza.

Sudarpi promove visita para artesãos na CASACOR

A visita aconteceu na tarde desta terça-feira (28) e contou com a participação de 40 artesãos.

O Governo do Piauí, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (SECULT) e da Superintendência de Desenvolvimento do Artesanato Piauiense (SUDARPI) realizou, nesta terça-feira (28), uma visita guiada com os artesãos na Mostra CASACOR.

A ação teve como objetivo promover um momento de identificação dos artesãos nos variados ambientes da CASACOR. Além disso, foi uma experiência de integrar a tradição do artesanato com a inovação, aplicada nos mais variados espaços da mostra.

De acordo com o superintendente de Desenvolvimento do Artesanato Piauiense (Sudarpi), Ícaro Machado, a ação é um resultado dos editais promovidos pela instituição e um momento de visita guiada ao evento da Casacor é um fechamento de um ciclo de trabalho.

“Ao valorizarmos o artesanato, reconhecemos sua importância em manter viva a rica herança cultural, além de ser uma fonte de criatividade e apreciação estética e de desenvolvimento econômico. O projeto da Casa do Artesão Design Mestre Albertino reflete o grande objetivo da nossa política pública: realizar uma curadoria e possibilitar que o artesanato permeie as camadas do nosso estado, para que de fato, termos esse rico artesanato presente em mais lugares e oportunidades. Ao promovermos uma ação dessas reafirmamos o compromisso de elevar o nosso artesanato para outro nível e mostramos para os artesãos o quanto o trabalho por eles realizado é preciso e foi valorizado em cada ambiente da mostra”, destaca.

O artesanato piauiense é uma expressão autêntica e reflete a habilidade e talento dos nossos artesãos. Para a artesã Naiane Campos a visita foi um momento único e que destacou bem as peças de artesanato. “Estou muito feliz em participar dessa visita na CASACOR. É uma oportunidade muito boa para o nosso artesanato está aqui exposto. Trabalho com fibra de buriti e garrafa pet, um artesanato exclusivo do Piauí e que muita gente não conhece”, ressalta.

Durante a visita, os artesãos encontraram um pouco do trabalho deles representados nos mais variados ambientes. Segundo o artesão Elton Sousa, ver o artesanato em um ambiente decorado é muito gratificante. “Foi muito bom ver pessoalmente os tapetes no espaço decorado. Eles ficam completamente diferentes de quando a gente está produzindo. Aqui no espaço decorado ficou muito legal, muito bonito. É bom ver nosso trabalho bem valorizado”, finaliza.

Sobre a CASACOR

A CASACOR Piauí 2024 teve início no dia 16 de maio e segue até o dia 30 de junho. O cenário escolhido foi uma casa, localizada na Av. Zequinha Freire, 225, Santa Isabel, Teresina – PI.  A CASACOR é reconhecida como a maior e mais completa mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas. Anualmente, o evento reúne renomados arquitetos, designers de interiores e paisagistas em 21 praças nacionais e mais seis internacionais.